domingo, 25 de dezembro de 2011

A construção histórica do Natal

video



Temos então dois fatos interessantes: Há controvérsia quanto a data do nascimento de Jesus em 25 de dezembro foi a data fixada, mas não se tem provas de que realmente foi neste dia que Jesus nasceu. Todo o mundo cristão aceita 25 de dezembro como a data do nascimento de Jesus. 
Para o cristão não importa o dia que Jesus nasceu. Na verdade ele deve nascer todos os dias em nossos corações e nos corações dos milhares e milhares que se entregam a ele todos os dias, todos os anos. A data atual de 25 de dezembro aceita como a data do nascimento de Jesus, foi fixada em 440 d.C. Esta data foi fixada para cristianizar grandes festas pagãs realizadas neste dia: a festa "mitraica" (religião persa que rivalizava com o cristianismo nos primeiros séculos), que celebrava o "natalis invicti Solis" ("nascimento do vitorioso Sol") e várias outras festividades decorrentes do solstício do inverno, como os "saturnália" em Roma e os "cultos solares" entre os celtas e os germânicos.
A idéia central das missas de Natal revela claramente esta origem:as noites eram mais longas e frias, pelo que, em todos esses ritos, se ofereciam sacrifícios propiciatórios e se suplicava pelo retorno da luz.
A liturgia natalina retoma essa idéia e identifica Cristo com a verdadeira luz do mundo.

sábado, 24 de dezembro de 2011

Parapsicologia: Fenômenos Sobrenaturais (Milagre)

CURA: Cega vê sem pupilas:
Gemma di Giorgi, no final do século xx
(Através do S. Pe. Pio de Pietrelcina)


video

Gemma Di Giorgi nascera sem pupilas. Cega incurável. Já garotinha foi visitar o famoso capuchinho Pe. Pio de Pietralcina. Instantaneamente, a cega de nascença recuperou a visão. Até hoje em numerosas verificações, os oftalmologistas constatam que Gemma Di Giorgi hoje freira enxerga normalmente. Mas constatam também, até estarrecidos, “a marca” de Lourdes: Vê apesar de continuar sem pupilas.

São Pe. Pio de Pietrelcina)


Os olhos de Gemma di Giorgi sem as pupilas


Gemma curada da cegueira







Extraído do Livro: ''Alguns Milagres na Historia da Igreja'' 
Relatos Veridicos